1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Organizadora do Miss Goiás é suspeita de aliciar modelos para tráfico internacional de mulheres, diz Polícia Federal

Por Lucas Silva 04 Maio 2021 Publicado em Estado
Votao
(0 votos)
Lido 302 vezes

A organizadora do Miss Goiás Maria de Fátima Abranches Castro é investigada pela Polícia Federal por suspeita de aliciar modelos em um esquema de tráfico internacional de mulheres. Segundo a polícia, ela teria aliciado uma jovem goiana que foi enviada para Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia. Em áudios, a organizadora aparece negociando mulheres com o Rodrigo Cotait, suspeito de ser o chefe do grupo criminoso.

 

A organizadora chegou a ser presa durante uma operação da Polícia Federal na última terça-feira (27), em Goiânia. No entanto, a Justiça autorizou que Fátima Abranches responda ao processo em liberdade.

 

Uma equipe da TV Anhanguera esteve na casa da investigada, no setor Alto da Glória, bairro nobre da capital, mas ela preferiu não se pronunciar sobre as acusações. A defesa dela disse, em nota, que recebeu a denúncia com perplexidade e que só vai se manifestar após ter acesso a toda a investigação.

 

Segundo a PF, Rodrigo Cotait, homem em que aparece conversando com a organizadora do Miss Goiás, era responsável por escolher jovens do Brasil e prepará-las para as viagens internacionais. Segundo a polícia, este grupo criminoso já traficou mais de 100 mulheres para fins de exploração sexual. Fonte: G1 Goiás