1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Governo lança projeto que direciona policiais mulheres para o combate da violência doméstica

Por Eduardo Candido 11 Março 2015 Publicado em Segurança
Votao
(0 votos)
Lido 1715 vezes

O governador Marconi Perillo (PSDB) lançou na manhã desta terça-feira (10/3), durante evento em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, a Patrulha Maria da Penha. O projeto, que tem a primeira-dama Valéria Perillo como madrinha, é composto por policiais militares mulheres que irão atender ocorrências de violência doméstica e familiar e dar cumprimento a medidas protetivas de urgência previstas na Lei Maria da Penha. Durante a solenidade, o governador doou duas viaturas que servirão para a patrulha.


A região Noroeste de Goiânia será a primeira a ser atendida pela Patrulha devido a seus altos índices de casos de violência contra a mulher. Posteriormente, o projeto será ampliado para outras regiões da capital e também para outros municípios.


A primeira-dama e presidente da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), Valéria Perillo, afirmou, durante sua fala, se sentir honrada em ser madrinha da Patrulha Maria da Penha e destacou que o governador Marconi Perillo sempre fez questão de ter participação feminina em seus mandatos, criando inclusive a Secretaria da Mulher no Estado.


Marconi Perillo afirmou, durante discurso, que o século passado foi marcado por conquistas históricas para a emancipação feminina, como o direito ao voto, e que o século XXI está sendo igualmente marcado por avanços, como por exemplo a sanção da lei que tipifica o feminicídio como crime hediondo. O governador falou também sobre as violações aos direitos humanos, em especial aos direitos das mulheres, em países do Oriente Médio e sugeriu que o “mundo civilizado” se mobilize para que esse tipo de prática deixe de existir.


Também participaram do evento o secretário da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Joaquim Mesquita, a secretária da Mulher, Desenvolvimento Racial, Igualdade Racial, Direitos Humanos e Trabalho, Lêda Borges, a secretária da Fazenda, Ana Carla Abrão, além do comandante geral da Polícia Militar de Goiás, Coronel Sílvio Benedito, a delegada titular da 1ª Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) da capital, Ana Elisa Gomes, e líderes de movimentos feministas e pelos direitos das mulheres.


Fonte: Jornal Opção000-A-Banner WhatsAppecontatos-RadioEldorado

Instagram Radio EldoradoTwitter Radio Eldorado

 

Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro

Real Pax