1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

Viagem entre Goiânia e Rio Verde terá pedágio com concessão da BR-060

Por Lucas Silva 09 Fevereiro 2024 Publicado em Estado
Votao
(0 votos)

A diretoria da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) deu luz verde para os projetos de concessão de trechos das BR-060/452 em Goiás. Com isso, a população pode esperar a instalação de pedágios entre Goiânia e Rio Verde, visando melhorias na infraestrutura viária.

 

O lote de concessão abrange uma extensão total de 426,2 km, compreendendo trechos da BR-060/GO do Anel Viário da capital até o Contorno de Rio Verde e a BR-452 até Itumbiara.

 

Segundo a ANTT, estão previstos investimentos de R$ 3,2 bilhões, incluindo a duplicação de 31 km, faixas adicionais em pistas duplas e simples, e a construção de vias marginais, passarelas e barreiras acústicas.

 

A expectativa é que, após a aprovação pelo Ministério dos Transportes, os projetos sejam enviados ao Tribunal de Contas da União (TCU) após o período de carnaval. O diretor-geral da ANTT, Rafael Vitale, destaca a importância dessas iniciativas para o desenvolvimento sustentável e a integração nacional.

 

Além disso, outro lote de concessão abrange a BR-364 em Rondônia, totalizando 686,7 km, incluindo trechos estratégicos para o corredor logístico de exportação do arco norte. Com investimentos previstos de R$ 5,4 bilhões, o projeto contempla duplicações, faixas adicionais e a implantação de novas vias, impulsionando o crescimento do estado de Rondônia e garantindo acesso viário de qualidade ao porto.

 

No total, os dois projetos somam R$ 8,6 bilhões em investimentos para os próximos 30 anos, sinalizando um avanço significativo na infraestrutura rodoviária e no desenvolvimento regional.

 

Com informações do Diário de Goiás

Instagram Radio EldoradoTwitter Radio Eldorado

 

Enquete Eldorado

Você já baixou o aplicativo da Rádio Eldorado?

Já baixei - 75%
Não sabia - 0%
Vou baixar - 25%
Ainda não - 0%

Total de votos: 4
A votação para esta enqueta já encerrou
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro