1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE
K2_DISPLAYING_ITEMS_BY_TAG Polícia Civil

Três pessoas foram presas em uma operação da Polícia Civil de Goiás, em conjunto com a Polícia Civil do Mato Grosso, suspeitas de envolvimento na morte de João Vitor Menez Soares. Além dos mandados de prisão, estão sendo cumpridos quatro mandados de busca e apreensão em Goiânia e Aragarças (MT). A investigação apura um núcleo de traficantes goianos responsáveis por matar um rival e uma criança de 2 anos de idade, filha dele, em Barra do Garças (MT). O crime aconteceu em fevereiro deste ano.

 

De acordo com Pablo Borges, titular da delegacia do Mato Grosso, João Vitor Menez Soares, que foi morto a tiros enquanto dormia com a filha e a esposa, era integrante de uma organização criminosa e tentou sair da mesma.

 

“Ele [João] se escondeu na região de Barra do Garças, mas os suspeitos conseguiram adentrar a residência dele e efetuaram diversos disparos, vindo a ceifar a vida dele e da criança de 2 anos. A esposa também foi alvejada e tomou um tiro em sua mão”, afirmou o delegado, em entrevista à TV Anhanguera.

 

O delegado Rhaniel Almeida, titular da Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos, detalha que todos os mandados foram cumpridos, com exceção de um alvo que está foragido.

 

“Estão sendo feitas investigações para localizar essa pessoa. Até o momento foram apreendidos celulares, o balanço é bastante positivo, além de veículos, sendo um deles de luxo. Vamos continuar as investigações, já que os alvos são todos traficantes aqui de Goiás”, ressaltou, em entrevista à TV Anhanguera.

 

Crime

 

O crime aconteceu no dia 9 de fevereiro deste ano, quando, dois homens invadiram a casa em que João Vitor Menez Soares morava com a companheira e a filha, de 2 anos. Segundo a polícia, a criança chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

 

O Popular

K2_PUBLISHED_IN Região

POLÍCIA CIVIL DE GOIÁS EM AÇÃO 14ª

 

DELEGACIA REGIONAL DE JATAÍ

 

OPERAÇÃO XADREZ 121

 

Grupo Especializado de Investigações Criminais (GEIC) de Mineiros-GO

 

NATUREZA: CUMPRIMENTO DE MANDADO DE PRISÃO PREVENTIVA E BUSCA E APREENSÃO DOMICILIAR DE INVESTIGADA POR PARTICIPAÇÃO EM TENTATIVA DE HOMICÍDIO EM FACE DE SEU EX-COMPANHEIRO.

 

DATAS: 03/03/2024

LOCAL: Mineiros-GO

HISTÓRICO: A Polícia Civil do Estado de Goiás, por intermédio do Grupo Especializado de Investigações Criminais (GEIC) de Mineiros, na data de hoje (03/03), deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva e busca e apreensão domiciliar em face de uma mulher de 29 anos de idade por ter participado no crime de tentativa de homicídio qualificado em face de seu ex-companheiro, crime ocorrido no último dia 24 de fevereiro.

 

Nesse propósito, por meio de diligências investigativas após a vítima ter sido alvejada por diversos disparos de arma de fogo no interior de sua residência, empreendeu diligências e constatou que sua ex-companheira, por meio de emboscada, na companhia de outro indivíduo já preso, teria organizado a morte de seu companheiro, o que não ocorreu somente por motivos alheio a vontade dos agentes.

 

A investigação apontou que no dia do crime, a ex-companheira da vítima chega na residência com o autor dos disparos em uma motocicleta e adentram a casa da vítima, sendo que logo em seguida saem, e no próximo momento após a vítima e o autor conversarem, este coloca o capacete e adentra no imóvel realizando os disparos de arma de fogo, oportunidade que saem do local e a vítima é socorrida e encaminhada para o Hospital Regional de Santa Helena de Goiás.

 

Ante o exposto, diante dos elementos claros da participação da investigada na tentativa de homicídio em face de seu companheiro, devido a urgência da medida, foi representada pela prisão preventiva da investigada, o que foi prontamente autorizado pela autoridade judicial competente, sendo então dado cumprimento às ordens judiciais e estando desde então à disposição do Poder Judiciário.

 

A prisão se deu no contexto da Operação Xadrez 121, a qual é voltada ao cumprimento de mandados de prisão de autores de crimes de homicídio, latrocínio, feminicídio, tráfico de drogas dentre outros crimes, operação deflagrada em todo o Estado de Goiás.

 

Polícia Civil, investigar para proteger.

Disque-Denúncia da Polícia Civil:197

Redes sociais www.instagram.com/policia_civil14drp

Site: www.policiacivil.go.gov.br 

 

Polícia Civil

 

K2_PUBLISHED_IN Mineiros

A Polícia Civil, em Mineiros-GO, foi procurada, na data de ontem, por uma síndica de um prédio na cidade, alegando que F.P.S, moradora, não pagava o aluguel há alguns meses e, também, a conta de energia. Após estranhar o fato de que, mesmo a Equatorial cortando a energia, ela continuou a residir no apartamento, foi até lá com o seu marido, que possui 73 anos, sendo que a investigada partiu para cima do idoso, agredindo-lhe. Nisso, acabou procurando a Delegacia de Polícia.

 

Em diligências, logrou-se êxito em detectar que, de fato, a suspeita havia feito "gato", desviando energia em seu proveito. Constatada tal circunstância e as lesões na vítima idosa, foi dada voz de prisão em flagrante delito.

 

Ela responderá pelos crimes de furto e lesão corporal dolosa.

 

Polícia Civil. Goiás. Brasil.

K2_PUBLISHED_IN Mineiros

A Polícia Civil, em Mineiros-GO, foi acionada acerca de uma ocorrência envolvendo violência doméstica e familiar contra a mulher, ocorrida na cidade vizinha, qual seja, em Portelândia-GO.

 

Ao chegar por lá, constatou-se que o investigado, na data de ontem, agrediu sua ex-companheira, deixando marcas de roxo no corpo. Não satisfeito, o autor, L.P.S, de 31 (trinta e um anos), já no dia de hoje e portando uma faca, foi até o local de trabalho de sua ex-cunhada e disse que, acaso a vítima não voltasse com ele, mataria todo mundo.

 

Em diligências, o investigado foi localizado, oportunidade em que foi dada voz de prisão em flagrante delito. Na revista pessoal, uma faca foi apreendida em sua posse. Em consulta ao sistema, constatou-se que o investigado possui diversas passagens policiais (roubo, ameaça, lesão corporal, etc.).

 

Ele responderá pelos crimes de lesão corporal e ameaça praticados no âmbito da violência doméstica e familiar contra a mulher.

 

Polícia Civil. Goiás. Brasil.

K2_PUBLISHED_IN Região

A Polícia Civil de Rio Verde, por meio do GEPATRI, com apoio do GENARC, prendeu na tarde do dia 17/07/2023 KELSON REGYS, de 25 anos, o qual é suspeito da prática de vários golpes na venda de aparelhos celulares da marca iPhone.

 

Ele divulgava os produtos através das redes sociais, principalmente através do perfil no Instagram: @casadoiphonerv_, oferecendo-os por um preço convidativo, entretanto, não entregava os aparelhos ou os entregava com algum defeito.

 

O suspeito utilizava também de outra estratégia, se apropriando do telefone celular de vítimas, a pretexto de vendê-lo através de sua empresa, todavia, não repassava o valor angariado na venda, tão pouco, devolvia o celular quando solicitado pela vítima.

 

Várias vítimas procuraram a Delegacia de Polícia e informaram as ilicitudes, sendo que o investigado, quando intimado prometia o cumprimento das obrigações, mas não as cumpria, chegando em algumas situações a ameaçar as vítimas.

 

Foi requerida a prisão preventiva do investigado, o bloqueio imediato do perfil do Instagram usado para a prática dos crimes, bem como busca e apreensão domiciliar. Ele responderá pelos crimes de estelionato e apropriação indébita, os quais podem chegar a pena de 9 (nove) anos de reclusão.

 

O preso foi recolhido à Casa de Prisão Provisória de Rio Verde, ficando à disposição da Justiça.

 

A divulgação da imagem e o nome do investigado foi procedida nos termos da Lei nº 13.869/2019, portaria normativa nº 02/2020/DGPC e portaria nº 547/2021/DGPC, tendo em vista o interesse público no sentido de identificar outras eventuais vítimas de crimes praticados por ele, tendo-se em vista os indícios de contumácia criminal. POLÍCIA CIVIL, investigar para proteger.

 

Fonte: Polícia Civil

K2_PUBLISHED_IN Estado

Em uma operação realizada ontem (07) a Polícia Civil de Rio Verde em ação conjunta com agentes de Presidente Prudente (SP), prendeu um indivíduo que matou, com requintes de crueldade, a sogra de 56 anos, e atentou contra a enteada de apenas 11 anos, há aproximadamente 9 meses na cidade paulista.

 

A motivação seria pelo autor não ter aceitado o fim da relação com a companheira, indo assim até sua residência com intuito de assassiná-la, mas não a encontrando na ocasião.

 

No empenho de manter a vingança contra a mulher, o homem atacou os familiares dela, acertando a mãe com 40 facadas e a enteada com outras 8 facadas.

 

A adolescente mesmo tendo ficado em estado gravíssimo, conseguiu sobreviver.

 

O autor então fugiu, e usando de telefones cadastrados em nomes de laranjas, mantinha ameaças contra a ex companheira, reforçando o desejo de matá-la. Ele estava escondido em Acreúna, onde usava outro nome, ocultando seu passado dos vizinhos.

 

Com as informações em mãos, os agentes da Polícia Civil de Rio Verde, após investigações, cumpriram o mandado de prisão preventiva, por dupla prática de feminicídio qualificado, um na forma consumada e outro na modalidade tentada. Agora o autor está preso e se encontra à disposição do Poder Judiciário de Presidente Prudente.

 

FONTE: JORNAL SOMOS

K2_PUBLISHED_IN Estado

A Polícia Civil, em Mineiros-GO, na DEAM, foi procurado em março por uma mulher, relatando que seu ex esposo, não aceitando o término da relação, ameaçou-a de morte, bem como perseguia ela na rua.

 

Nisso, foi deferida a medida protetiva, proibindo que ele se aproximasse dela.

 

Passado algum tempo, a vítima veio novamente até a Delegacia de Polícia, relatando que, mesmo com a protetiva em vigor, ele continuava com as ameaças e perseguições.

 

Nisso, foi representada pela prisão preventiva de um indivíduo de 61 anos, que foi deferido pelo Poder Judiciário. Na data de hoje, ele foi preso.

 

O investigado responderá pelos crimes previstos nos artigos 147, 147-A, ambos do Código Penal, e artigo 24-A, da Lei Maria da Penha.

 

Polícia Civil. Goiás. Brasil

K2_PUBLISHED_IN Mineiros

A Delegacia de Edeia, após deflagração de uma operação hoje (11), com a finalidade de desarticular um grupo que atraía menores para o tráfico.

 

De acordo com o divulgado à imprensa, a operação contou com a participação de sessenta e um Policiais Civis, tendo sido cumpridos sete mandados de prisão preventiva e doze mandados de busca e apreensão.

 

Durante as buscas foram apreendidas drogas, dinheiro e uma arma de fogo.

 

Os suspeitos foram recolhidos e estão à disposição do Poder Judiciário e serão indiciados por tráfico de drogas e no art. 244-B do Estatuto da Criança e do Adolescente, podendo ser condenados a uma pena que varia entre 09 e 29 anos de prisão.

 

FONTE: JORNAL SOMOS

K2_PUBLISHED_IN Estado

A Polícia Civil de Goiás, através da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC), realizou nesta quarta-feira (10/05) a Operação Prostasia II, que significa “proteção” em grego.

 

A ação teve como objetivo combater a exploração sexual de crianças e adolescentes na internet.

 

Durante a operação, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão nas cidades de Goiânia, Aparecida de Goiânia, Rio Quente e Goiatuba.

 

Em três residências foram encontrados materiais de exploração sexual infantil, enquanto na quarta foram apreendidos aparelhos eletrônicos que serão submetidos à perícia.

 

Dois suspeitos foram presos em flagrante, um deles com mais de 27.500 arquivos deste tipo armazenados.

 

Os envolvidos podem responder pelo crime de armazenamento de conteúdo pornográfico envolvendo crianças e adolescentes, previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

 

A operação contou com o apoio da Homeland Security Investigations da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil e Polícia Federal (CCASI/CGCIBER/DCIBER/PF), demonstrando a cooperação internacional no combate à exploração sexual infantil na internet.

 

A Polícia Civil ressalta a importância da população denunciar crimes dessa natureza através do Disque 100, que é o canal oficial do Governo Federal para denúncias de violações de direitos humanos.

 

As denúncias são anônimas e a identidade do denunciante é mantida em sigilo.

 

FONTE: JORNAL SOMOS

K2_PUBLISHED_IN Estado

Um jovem, de 21 anos foi morto com um tiro nas costas durante a madrugada de hoje (22/04).

 

O crime aconteceu em um estabelecimento comercial na avenida três na vila Cardoso.

 

A Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência por volta de 3h45, e ao chegar no local a vítima já havia sido socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada a Upa.

 

Igor Anesio Matos Vessequi, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

 

Um primo da vítima que estava com ele no momento do crime, relatou aos militares, que ele juntamente com Igor e uma mulher estavam no local ingerindo bebida alcoólica, momento este que houve uma discussão com o autor dos disparos e ele saiu foi até o carro e pegou uma arma de fogo e efetuou um disparo nas costas de Igor.

 

Em seguida a mulher que estava bebendo juntamente com a vítima entrou no carro com o autor e saíram tomando rumo ignorando.

 

Fonte: ROTA POLICIAL NOTÍCIAS

K2_PUBLISHED_IN Mineiros
Página 1 de 4
Instagram Radio EldoradoTwitter Radio Eldorado

 

Enquete Eldorado

Você já baixou o aplicativo da Rádio Eldorado?

Já baixei - 75%
Não sabia - 0%
Vou baixar - 25%
Ainda não - 0%

Total de votos: 4
A votação para esta enqueta já encerrou
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro