1. MENU
  2. CONTEUDO
  3. RODAPE

7 Em Cada 10 Acham O Carnaval Uma Celebração Democrática, Aponta Pesquisa

Por Jonas Paislandy 09 Fevereiro 2024 Publicado em Brasil
Votao
(0 votos)

O Carnaval é a festa mais popular do País, que atrai milhões de turistas e foliões às ruas todos os anos em várias regiões. Para saber a percepção dos brasileiros sobre essa data festiva, o Instituto Locomotiva e QuestionPro colheram informações para traçar um diagnóstico sobre o que pensam a respeito.

 

De acordo com o levantamento, 75% dos brasileiros enxergam o Carnaval como uma manifestação cultural importante, enquanto 25% enxergam a data mais como uma bagunça sem importância cultural.

 

Ainda de acordo com os dados, 65% consideram o carnaval uma data festiva, enquanto 2% consideram como uma data religiosa e 33% consideram como um feriado como outro qualquer.

 

Na avaliação sobre quais seriam os melhores carnavais do País, Salvador (34%) e Rio de Janeiro (25%) saem na frente e se destacam como melhores carnavais segundo os brasileiros, e a preferência musical para a data se concentra em gêneros como samba (29%) e axé (27%).

 

A pesquisa também aponta que sete em cada 10 brasileiros acreditam que o Carnaval é uma oportunidade importante para as pessoas aproveitarem os espaços públicos das cidades, a mesma proporção acredita que a festa deve acontecer em espaços públicos das cidades.

 

Sobre as percepções individuais, 30% dizem não gostar da festa. Entre evangélicos e protestantes, essa proporção chega a 52%. Aqueles que não gostam têm como principais motivos a bagunça (52%), sujeira (44%) e aglomerações (38%), que levam ao desinteresse pela festa.

 

“Gostando ou não, o Carnaval é a festa popular mais celebrada no Brasil, uma data que une pessoas de diferentes classes e já faz parte da nossa cultura.

 

E a pesquisa mostra que a preferência é por festas nas ruas, justamente para que seja mais democrática e todos possam curtir e aproveitar o momento”, afirma Renato Meirelles, presidente do Instituto Locomotiva.

 

Brasileiro vai pular mais carnaval

 

A pesquisa ainda aponta que o brasileiro vai pular mais Carnaval em 2024 em comparação à 2023. 44% pretendem aproveitar a festa popular neste ano, o que representa 67,9 milhões de potenciais foliões. Em 2023, 37% comemoraram o carnaval.

 

A expectativa sobre consumo indica que sete em cada 10 brasileiros planejam gastos extras durante o feriado de Carnaval. Entre os principais gastos previstos estão: alimentação (83%), bebidas não alcoólicas (62%), transporte dentro da cidade (53%), bebidas alcoólicas (51%), ingressos para passeios (44%), fantasias ou adereços para a festa (34%) e ingressos para festas e abadá (32%).

 

Entre aqueles que planejam participar do Carnaval este ano, 80% preferem espaços públicos. O levantamento também aponta que 64% vão para bloco de rua gratuito, 33% para show gratuito, e 31% vão curtir trio elétrico de rua gratuito.

 

Por outro lado, 27% devem ir a um bloco de rua pago, 22% a uma festa de Carnaval na casa de amigos/parentes, e 14% devem ir a um desfile de escola de samba. Enquanto isso, grande parcela daqueles que não têm interesse na festa pretendem ficar em casa (49%), descansar (46%) ou trabalhar durante o feriado (17%).

 

Quando o assunto são viagens, cinco em cada 10 entrevistados, ou 75,6 milhões de pessoas, pretendem viajar no feriado, sendo que 73% planejam viajar para a praia ou litoral. O carro próprio é o principal meio de transporte a ser utilizado.

 

A pesquisa quantitativa tem abrangência nacional e entrevistou 1.507 homens e mulheres com 18 anos ou mais, entre 18 a 22 de janeiro de 2024.

 

Rádio Eldorado FM

Instagram Radio EldoradoTwitter Radio Eldorado

 

Enquete Eldorado

Você já baixou o aplicativo da Rádio Eldorado?

Já baixei - 75%
Não sabia - 0%
Vou baixar - 25%
Ainda não - 0%

Total de votos: 4
A votação para esta enqueta já encerrou
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro
Parceiro